The Origin of Love Disponível no Brasil

Talvez vocês já esteja sabendo, afinal não sei desde quando exatamente está disponível. De todo modo, é sempre bom avisar, né?

 

A versão standard do álbum The Origin Of Love finalmente chegou em terras brasileiras.

Hoje eu estava fazendo compras online na Livraria Cultura quando resolvi dar uma pesquisada e eis que tenho sucesso na minha busca.

Link para comprar na Livraria Cultura: http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=30356048&sid=00206220714913727748950781

Dei uma passadinha em algumas outras lojas, mas a Cultura é a única que possui em estoque. Nas demais, o CD ainda está na pré-venda e não encontrei informações sobre quando estará disponível. De qualquer forma, vale a pena dar uma olhada.

Fnac (Produto cadastrado, porém, indisponível):

http://www.fnac.com.br/pesquisa/-1/fnac.html?q=the%20origin%20of%20love

Americanas (pré-venda):

http://www.americanas.com.br/produto/111996699/cd-mika-the-origin-of-love

Submarino (pré-venda):

http://busca.submarino.com.br/busca.php?q=the%20origin%20of%20love&sessao=df0b78eba13cf3efcf62258a631dd5cf8544a5b5&idbusca=877f4c8038ea112718ab7d5bd84494a3edc22100

Saraiva (pré-venda – lançamento previsto:16/10):

http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/4258845/the-origin-of-love/?PAC_ID=122420

NOTA: Com o lançamento do novo álbum, o Live in a Cartoon Motion foi re-lançado pela Universal Music.

Espero ter ajudado.

Beijos.

Anúncios

A Origem do Meu Amor por Mika

Apesar do título, esse post não fala exatamente de amor. Fala sobre atração física ou talvez amor platônico.

A ideia pra essa postagem surgiu de uma citação que o apresentador do programa El Hormiguero fez durante a última entrevista com o Mika. Ele fala sobre um estudo neurológico muito interessante que afirma que a origem do amor é a memória. Que quando somos crianças, armazenamos na memória fragmentos de tudo que gostamos e esses fragmentos formam um quebra cabeça. Quando crescemos, nos apaixonamos por alguém que complete esse quebra-cabeça.

[youtube:”http://www.youtube.com/watch?v=C9BcC4G09zk”%5D

Desde então, fiquei pensando a respeito do que eu gostava na infância. Eu assistia muitas animações japonesas, que na época eram febre, tais como Sakura Card Captors, Sailor Moon, etc. Mas isso não tem nada a ver com o Mika, certo? Errado! Percebam que nessas animações os mocinhos da trama sempre são altos, bastante esguios, possuem um olhar bastante expressivo e sorriso simpático. Isso lembra alguém?

Vamos a alguns exemplos de personagens de alguns de meus desenhos favoritos na infância:

Yukito e Touya de Sakura Card Captors

Darien de Sailor Moon:

E por fim, Makoto de El Hazard:

De certa forma, cada um desses é meu príncipe encantado uma vez que, quando criança,  fui fortemente influenciada a me sentir atraída por esse biotipo. Uma vez que  o Mika possui esse mesmo biotipo, foi praticamente amor a primeira vista.

O mais interessante é que sou tachada de esquisita entre as colegas, pois quando o assunto é homem bonito, a preferência quase unânime é pelos musculosos e,às vezes, com aparência rústica. Todas acham estranho meu gosto por homens magros e com feições delicadas. Até hoje, eu nunca soube explicar o motivo dessa minha preferência.

Alguém mais se identificou com essa teoria? Não deixem de comentar. Espero que tenham gostado.

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS.

Beijos.